loghi
loghi

O que é o TASTE?

O projeto TASTE (Telepathological ASsessment of histopathological and cytological TEchniques) tem como objetivo o desenvolvimento de um novo sistema de telepatologia usando as novas tecnologias de informação (plataforma tecnológica e repositório de imagens e lâminas de alta qualidade). O projeto TASTE é dirigido a técnicos que trabalhem com preparações histológicas e citológicas e médicos especialistas em anatomia patológica, mas também a estudantes futuros profissionais nestas áreas.

As preparações histológicas e citológicas são a base para os diagnósticos patológicos realizados diariamente por toda a Europa atingindo um número de vários milhões por ano, estando a sua exactidão e reprodutibilidade fortemente dependentes da qualidade técnica. No entanto, a qualidade é variável em diferentes locais e países, dependendo do nível de ensino, da dedicação dos técnicos, dos standards dos aparelhos e dos reagentes. O mais importante disto tudo é que a variação da qualidade técnica das preparações impede a sua livre circulação a nível Europeu.

 

O projeto TASTE aborda estes problemas construindo uma plataforma informática, onde médicos, técnicos e estudantes de diferentes países possam submeter via Web, usando procedimentos de telepatologia como “lâminas virtuais”, imagens microscópicas das suas preparações a um painel de especialistas internacionalmente reconhecidos que darão os seus comentários e sugestões. Médicos patologistas, bem como internos de anatomia patológica estarão envolvidos.

 

A troca de imagens começará pelas colorações básicas de rotina (lâminas coradas por hematoxilina eosina, esfregaços corados pela técnica de Papanicolaou) com o objetivo de verificar a qualidade e reprodutibilidade da fixação, procedimentos de processamento e coloração. O programa prossegue depois com técnicas mais sofisticadas como as preparações imunohistoquímicas e FISH.

 

Esperamos que esta abordagem (sem precedentes a nível mundial) seja estimuladora de uma comunidade Web constituída por estudantes e profissionais, com vista a nivelar e melhorar as preparações histopatológicas e citológicas, permitindo assim uma formação inovadora e diagnósticos mais reprodutíveis, um requisito básico para o tratamento da doença.



Clique aqui para aceder ao sistema TASTE (se não tiver registado clique aqui)